Busca avançada

Iniciando na área de experiência do usuário

terça-feira, 22 de outubro de 2019 por Jefferson Silva
Iniciando na área de experiência do usuário

Interessado em ingressar na área de experiência do usuário, mas não sabe por onde começar? Quer saber como construir uma carreira e se preparar para o mercado de trabalho? Nesse artigo eu listo algumas das principais vertentes de UX e dou algumas dicas de como dar seus primeiros passos na área de UX

Carreiras em UX

Isso mesmo que você leu! “Carreiras” no plural. Diferente do que a maioria das pessoas acreditam, o profissional de experiência do usuário, por mais que tenha um conhecimento interdisciplinar e existam habilidades comuns à todas as vertentes, não domina todas as habilidades das áreas de UX. 

Isso não quer dizer que não existam designers que façam um pouco de cada coisa e empresas que busquem esse perfil de profissional. E não há nada de errado nisso! O ponto que destaco é que cada ramificação de UX requer conhecimentos específicos e ao escolher um dos campos de atuação você vai precisar focar sua atenção nele.

Nas carreiras da área de experiência do usuário podemos citar três grandes pilares: carreiras com foco em design, carreiras com foco em pesquisa e recursos e carreiras com foco estratégico.

Foco em design:

Designer de interação

É responsável pela projeção das interações entre o usuário e a interface. Essas interações acontecem na tela, com funcionalidades, e entre telas, via navegação. 

A prototipação das interações pode ser feita utilizando desde papel e lápis com esboços mais simples, até ferramentas como Adobe XD, Sketch e Invision para protótipos interativos e de alta fidelidade. 

Entregáveis: Wireframes e protótipos.
 

Designer visual

Profissional responsável pela construção da identidade visual da aplicação. Entre algumas de suas atribuições temos: formulação de uma paleta de cores, análise tipográfica, construção iconográfica e definição de guidelines de design.

Entregáveis: Paleta de cores, estilos tipográficos, ícones e guidelines. 

 

Foco em pesquisa e recursos: