Busca avançada

Qual é a importância de uma certificação na área de TI?

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018 por Welington Oliveira da Silva
Qual é a importância de uma certificação na área de TI?

Esta é uma pergunta muito frequente no mercado de tecnologia, principalmente por profissionais no início da carreira ou recém-formados. Será que faço uma certificação ou uma especialização? Já escutei inúmeras vezes essa pergunta e diria, como aliás quase tudo nesse mercado, que a resposta não é tão simples assim.

Antes de falarmos sobre certificações, lado bom e ruim, gostaria de deixar claro aqui que a minha opinião sobre as vantagens de uma certificação é baseada em minha experiência profissional e não significa, em hipótese nenhuma, que seja a opinião do portal Curitiba TI.

Pois bem, o que seria então uma certificação na área de tecnologia?
 
Possuir uma certificação significa que você tem um atestado de conhecimento em determinada linguagem, tecnologia, processo ou ferramenta. Normalmente um certificado é emitido pela empresa fabricante e distribuidora de uma determinada ferramenta ou tecnologia. Mas nem sempre isso é uma regra, a certificação Scrum, por exemplo, hoje pode ser feita na Scrum.org ou Scrum Alliance, as duas maiores certificadoras do mundo, mas existem outras dezenas de certificações emitidas por empresas diferentes que o profissional pode optar.

Eu diria então que uma certificação para o profissional da área de tecnologia que quer algum destaque é quase uma obrigação. Você vai optar por uma especialização ou uma pós-graduação e deixar as certificações de lado apenas se o seu objetivo for atuar na área acadêmica, nesse caso essa opção até faz sentido. 

Porém, se você pretende atuar e se destacar no mercado de trabalho de tecnologia vai sim precisar adquirir uma certificação. Desde 2005 eu tiro certicações relacionadas à carreira de desenvolvedor de ferramentas Microsoft, e digo com experiência, que a certificação dentro desse círculo abre sim muitas portas.

Escolha o seu foco, escolha sua área dentro do mercado e busque nela quais são as ferramentas e tecnologias mais importantes, procure então as empresas por trás dessa tecnologia, e por fim, quais certificações elas emitem, isso sim irá gerar um grande diferencial no seu currículo.

Pra concluir, eu gostaria de falar sobre o aspecto da competência, afinal ter uma certificação me torna um profissional melhor que um que não possui? Não destaquei as palavras conhecimento e competencia a toa, na minha opinição a competência é o que realmente define se um profissional é bom ou não, se ele agrega para o time ou empresa. 

Uma certificação é apenas um atestado de conhecimento, já sua competência é outra história. 

Mas esse assunto fica para um próximo post! 😊 Bons estudos!

Compartilhar

Welington Oliveira da Silva
Autor
Welington Oliveira da Silva

Mais de 15 anos de experiência na área de desenvolvimento de software. Atuou em todos os níveis de uma equipe de desenvolvimento e, depois de alguns projetos, passou a se interessar por processos e gestão. Tornou-se especialista na ferramenta de Gerenciamento do Ciclo de Vida do Software da Microsoft, chamada Team Foundation Server, ministrou vários cursos e treinamentos e possui a certificação de Instrutor Microsoft. Além da certificação de Instrutor, é certificado em desenvolvimento de software para Web, administração e configuração do Team Foundation Server e Professional Scrum Master pela Scrum.org.