Busca avançada

5º RecrutaTech: 99% Serveless mas aquele 1% é herdado

segunda-feira, 29 de julho de 2019 por Yasmin Coelho de Santana
5º RecrutaTech: 99% Serveless mas aquele 1% é herdado

Entrevista com o John Wendel, palestrante do 5º RecrutaTech, na Trilha de Tecnologia

Vocês pediram e as entrevistas voltaram! Esse é o momento ideal para você conhecer um pouquinho melhor os palestrantes da 5ª edição do RecrutaTech e decidir de uma vez por todas a sua participação no evento (fica esperto que faltam só 15 dias para o fim do 2º lote ;) ).

A entrevista de hoje é com o John Wendel, desenvolvedor backend na Madeira Madeira, e palestrante da Trilha de Tecnologia do RecrutaTech. Sem mais delongas, vamos conhecer um pouco mais sobre ele e sobre a palestra que ele apresentará no evento:

- Como você conheceu o portal Curitiba TI e o RecrutaTech? 

Já participei de alguns eventos realizados pelo Curitiba TI, na época que era mais ativo nas comunidades, o RecrutaTech é novo pra mim, mais me parece muito promissor. 

- Como você enxerga a importância do evento para o público que deseja participar? 

Esse evento, assim como outros que acontecem em Curitiba, é muito importante pois fortalece a comunidade e permite que novos desenvolvedores se aprimorem. Compartilhar conhecimento é a melhor forma de aprender e fazer com que o mercado de desenvolvimento de software em Curitiba cresça! 

- Você indica a trilha de tecnologia, a qual você palestrará, para que tipo de público? 

No geral a trilha de tecnologia visa mais o público técnico, porém minha palestra pode ser acompanhada por qualquer pessoa que queira entender melhor como funciona uma arquitetura de desenvolvimento, e conhecer o que há de mais moderno no setor. 

- Falando um pouco mais sobre a sua palestra, você pode dar um pequeno spoiler dela? 

Não sou muito fã de spoilers, mais a idéia é mostrar nossa stack de serverless dentro da empresa, como chegamos e como é nosso modelo de desenvolvimento, falar um pouco sobre entrega de valor, microserviços e dicas de como começar a usar essas arquiteturas. 

- O uso de microserviços tem crescido consideravelmente nos últimos anos, como a MadeiraMadeira aproveita esse recurso para a construção do seu e-commerce? 

Os microserviços são pontualmente utilizados dentro da Madeira Madeira, com o entuito de aumentar a escalabilidade das aplicações. Mesmo assim, ainda podemos dizer que é um assunto novo no mercado de software, apesar de nao ser de hoje! 

Ainda existem muitos sistemas dentro e fora da Madeira que precisam se adaptar à nova realidade, para se ter uma idéia, a Madeira tem por baixo mais de 100 sistemas diferentes rodando na nuvem, e mais de 90% ainda seguem modelos antigos de desenvolvimento de software, o que chamamos de herdados. Porém, hoje temos varias equipes trabalhando com inovação e temos inclusive comunidades dentro da empresa para discutir soluções modernas e atuais, que chamamos de guilds =), na palestra falarei um pouco sobre microserviços também! 


- Você comenta sobre o 1% herdado dentro da aplicação, que tipo de aplicações você recomenda que sejam herdadas, quando não existe a opção de transformar tudo em serveless? 


Quando falamos sobre refatoramento de código ou mudança de arquitetura, que é o caso do serverless, as primeiras questões que vem a tona são: Quanto vai custar para fazer (tempo, quantidade de desenvolvedores, infra) e qual o ganho financeiro/tecnico daquela tarefa? Isso define muito bem o que deve ou não ser refatorado, melhorado, enfim.

De qualquer forma, tudo aquilo que é muito complexo deve ser pensado e até mesmo fatiado em mais de um refatoramento, dessa forma é possível entregar mais valor em uma tarefa e tornar mais viável aquela migração de arquitetura. A idéia é falar sobre isso também, ta no hipe falar sobre entrega de valor. 


- Que conselho você pode dar para o pessoal que está indeciso sobre participar do evento? 

O que posso dizer é que quem não participar do evento vai perder excelentes conteúdos e a possibilidade de discutir e conhecer o que há de mais novo no mundo do serverless. 

- E para quem já está inscrito no evento, você tem alguma dica do que o pessoal deve fazer lá dentro? 

Anotem tudo, perguntem e tentem extrair o máximo de conhecimento dos palestrantes, tem muita gente fera palestrando nessa edição, a solução que você procura pode estar por la =D.

Gostou da entrevista com o John sobre Serveless e Aplicações Herdadas? Comenta aqui que outros palestrantes você quer ler a entrevista! Ficou interessado no nosso evento de TI? Para quem leu o texto até o final tem desconto exclusivo, clica aqui: Quero confirmar presença no evento!

5º RecrutaTech: 15 dias para o fim do 2º lote

 

 

Compartilhar